Blog

“QUANDO A BONECA GANHA A VIDA” – POR ERIKA FONSECA

24 nov , 2015  

Lauraluigi2

Eu quando criança, era bem menininha mesmo, adorava brincar de boneca, de casinha e principalmente de brincar com os perfumes e maquiagens na penteadeira da minha mãe; desde pequena “adoro uma penteadeira”…rs…

Amava escovar e fazer penteados em minhas bonecas e de vez em quando rolava até um corte radical na cabeleira da Barbie.

Quando engravidei pela primeira vez, tinha quase certeza que seria um menino, e confesso que até queria que fosse, e assim foi… Queria ter um menino, pelo simples fato de achar que os meninos são mais apegados na mãe e ao mesmo tempo também morria de medo de ter um menina, pois sempre tive “certeza” que a relação entre “mãe e filha” é algo complicado, pelo menos a minha relação com a minha mãe nunca foi do tipo de “comercial de margarina”…kkkk. Nós brigávamos muito, pois somos muito diferentes, e até hoje, se ficarmos muito tempo juntas acontece uma briguinha ou discussão e acredito que sempre será assim…rsrs… Mas, nós nos amamos, apesar de nossas diferenças e isso é o que importa!

Quando engravidei pela segunda vez também dizia que gostaria que fosse mais um menino, mas no momento em que o médico disse que era uma menina, eu quase morri na sala de ultrassom, logo me veio na cabeça: “Meu Deus uma menina”. Vou poder brincar com minha boneca de verdade, colocar vestidos, fazer penteados no cabelo, ensiná-la meus truques de beleza, e principalmente eu poderia voltar a entrar na loja de brinquedos e comprar as “Barbies” novamente…rsrs…..

Quanta alegria e emoção em saber que eu seria mamãe de um casalzinho; o sonho da maioria dos pais! Uma verdadeira bênção de Deus!

E você nasceu tão linda, mais linda que qualquer boneca que eu tive quando criança. Não puxou nadinha da mamãe, nem a cor da pele, nem dos olhos e nem mesmo o cabelo, você nasceu a cara de seu papai, tanto que quando saio com você na rua todos me perguntam se eu sou a mãe da pequena Laura…kkkkk..Será que pelo menos o gênio você vai “puxar” da mamãe???

No entanto, se a Laura e eu, teremos um relacionamento de mãe e filha, desses de “comercial de margarina”, não tenho nenhuma certeza! Não sei se teremos gênios incompatíveis ou se ela vai será “puxa saco” do papai e ficar sempre contra mim…rsrsrs…. Enfim, não sei absolutamente nada, aliás, quem sabe?. Só sei que por enquanto você é a minha boneca que ganhou vida, só sei que por enquanto eu viajo fazendo penteados lindos nos seus cachinhos dourados, só sei que por enquanto eu amo vestir você igual a uma bonequinha cheia de laços e fitas, mesmo sabendo que você pode crescer e ser do tipo super básica que adora um jeans e uma camiseta branca, totalmente diferente da mamãe. A única certeza de fato é que irei te amar minha filha, mais do que a mim mesma, mesmo que você estrague minhas maquiagens, quebre meus perfumes e que sejamos diferentes como ”água e vinho” e que você faça minha “caveira” para o papai de vez em quando.. rsrs….. Eu te amarei de janeiro à janeiro até o mundo acabar, minha boneca!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *